Introdução

Deixando claro que descreverei minhas experiências cursando bacharelado em Engenharia de Computação.

Em meu primeiro semestre dentro de uma instituição acadêmica deparei-me com a disciplina que mais amedontra alguns alunos de exatas, sim, o cálculo. Porém, ao decorrer do primeiro semestre, ainda estudando cálculo 1, percebi que não é tão difícil como todos dizem (não estou me gabando), então, decidi escrever como consegui dar-me bem (ao menos passei) em tal disciplina.

Um pouco sobre mim

Eu estudei todo o ensino inicial (fundamental e médio) em escola pública (E.E Ergilia Micelli), e de certa forma não foi um ensino de qualidade para preparar-me para o ensino superior, mas sempre pensei: é o aluno que define a instituição, então eu sempre me empenhei na medida do possível.

Tive uma preparação excelente no curso pré-vestibular CUCA (Curso Unificado do Câmpus de Araraquara) durante um ano (2014), onde tive contato também com outras áreas do conhecimento (posso descrever detalhes em outro post).

Ao deparar-me com o ensino superior, foi uma surpresa e também uma grande experiência.

Informações gerais

Se você se diz não gostar de cálculo, revise seus conceitos sobre exatas. Sempre é dito nas primeiras aulas na faculdade: - “Será como na escola, porém, acelerado, bem acelerado”. Isso eu vivênciei e consegui superar meus limites, principalmente na disciplina de cálculo, a cada aula foi algo novo para mim, a princípio poderá ser para você.

Tenha em mente que você terá que empenhar-se para seus objetivos serem realizados, você terá que suar muito, ler muito, e principalmente,fazer muitos exercícios.

Salientando se você chegou na aula de cálculo e disse não gostar da matéria, por gentileza, revise seus conceitos (é isso mesmo que você deseja?), pois isso poderá ser prejudicial ao seu futuro.

Agora, se você gosta, mas possui dificuldades, continue empenhando-se que conseguirá.

Mas como?

Vá para a aula, evite faltar e caso isso aconteça, pegue a matéria urgentemente e esclareça suas dúvidas com alguém ou até mesmo com o Professor.

Participe das aulas, tire suas dúvidas quanto a teoria dos assuntos abordados, pegue um livro de cálculo e prátique, faça exercícios. Na área de sugestões segue alguns livros que utilizei.

Como meu sábio Professor Marcelo Mana disse: - “Sente e faça cinquenta, cem, duzentos exercícios e quero ver falar que não aprendeu”.

Algumas dicas

  1. Tenha foco: Sua mão escreve sozinha, você não precisa ficar olhando para ela. É possível prestar atenção e escrever ao mesmo tempo. Você não anda conversando? Então.
  2. Anotações: Tente escrever palavras chaves durante a aula para não se perder quando for estudar.
  3. Evite faltas: Sim, elas prejudicam. Caso aconteça pegue a matéria que perdeu com alguém e esclareça suas dúvidas.
  4. Presença constante na biblioteca: Sabe aqueles minutos de intervalo, ou quando a aula finaliza mais cedo? Então, use-os a seu favor, vá para biblioteca e coloque às dúvidas em dia.
  5. Faça exercícios: Aproveitando a dica anterior, pegue livros respectivos de cálculo para aplicar e exercitar. Leia as sugestões de livros logo abaixo.
  6. Persista: Por mais complicado que seja a leitura dos livros de exatas, persista, leia e releia (no Youtube é possível encontrar videos que facilitam). Não desista. Se o cara teve capacidade intelectual de escrever, você terá de ler e entender.

Sugestões

Abaixo seguem alguns livros que utilizei para estudos e práticas:

  1. Um curso de cálculo - Volume 1: Hamilton Luiz Guidorizzi
  2. Cálculo com Geometria Analítica: EariW. SWOKOWSKI
  3. Cálculo A: Diva Marília Flemming.
  4. Problemas E Exercícios De Análise Matemática: B. Demidovitch. Não localizei PDF, porém no link segue um artigo sobre.

Adicional

Vídeo sobre onde o Professor Dr. Clóvis de Barros Filho fala sobre Ética Kantiana e menciona o livro Fundamentação da Metafísica dos Costumes por se tratar de um livro difícil de entender.

Confira a aula completa (desejo x vontade): clique aqui.

Conclusão

Eu como marinheiro de primeira viagem demorei, mas consegui pegar alguns macetes de estudo dentro da faculdade, porém o que eu fiz para ir bem pode não servir para você, tente absorver o máximo do que leu neste artigo e encontrar o que melhor enquadra-se para você.

Aproveite a faculdade, não tenha medo das aulas, use o cálculo ao seu favor e principalmente: não adianta tentar colar na prova de cálculo. A maior prova será quando você se formar.

Abraços e até o próximo post.